Captura de Tela 2015-08-31 às 7.30.20 PM
0

“Nov [elos] + Novi [lhas] = Cowladyboy”, individual de Gê Orthof

(Rio de Janeiro, RJ) A exposição é constituída por um conjunto de desenhos e objetos em torno do solitário personagem de fronteira. Cowladyboy, que enfrenta o horizonte mítico dos relatos do Oeste (velho e atual). “Uma vida entre a aspereza da sobrevivência incerta e a potência sonhadora da contemplação do vasto, do vazio, da fronteira transbordada. Nessa condição limítrofe, não há espaço para concessões”, explica o artista.

Mostra-Marcantonio-960-x-360
0

Em cartaz | Coletiva com os vencedores do Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas

(Brasília, DF) O curador Marcus Lontra acredita que o visitante vai se surpreender com as obras apresentadas na mostra, que inclui Berna Reale, Gê Orthof, Grupo EmpreZa e Virgínia de Medeiros: “Tem muita provocação nesses trabalhos. Porque arte contemporânea é isso. São obras que exigem um diálogo e com isso cada um vai descobrir qual a mensagem, seja de uma maneira poética ou até mesmo óbvia.” No mesmo espaço o público encontra trabalhos de projeto em homenagem à artista Amelia Toledo.

11921787_886516728093528_9017223593315253578_n
0

Em cartaz | “Pernambuco Cena Contemporânea”, com Cristiano Lenhardt, Jonathas de Andrade, Lourival Cuquinha e Oriana Duarte

(Recife, PE) Na ampliação do campo da arte em uma época de repressão e contestação política, apontou para um mundo de liberdade na construção de novos alicerces da arte contemporânea no país. A multiplicação de suas idéias ganharam o mundo, crivando visualizações e sentimentos próprios do “espírito do tempo”, ao mesmo tempo que lançava bases para novas experimentações estéticas.

Untitled1
0

Laura Vinci, Marcius Galan e Paulo Vivacqua integram coletiva “Imaterialidade”

(São Paulo, SP) “Os trabalhos foram escolhidos pelo potencial em evocar a questão primordial que Imaterialidade quer levantar”, comenta o curador Adon Peres. A exposição põe em evidência a desmaterialização do objeto como forma de afirmar o caráter instável, efêmero ou intangível da obra de arte, que a faz diferir inteiramente das normas do passado clássico”, comenta a curadora Ligia Canongia.

OPCAO2
0

“Zeca, o rei da sucata” | Assista ao novo vídeo especial PIPA 2015

A série de vídeos especiais do PIPA foi criada em 2011 para estimular e contribuir com o debate e a reflexão sobre a arte. A ideia surgiu ao longo dos primeiros anos do Prêmio, a partir de temas que foram levantados durante as entrevistas com os artistas indicados ao PIPA desde 2010. Lançamos agora “Zeca, o rei da sucata”, onde conhecemos o dono de um ferro velho em Vigário Geral, no Rio de Janeiro, que recebe artistas em busca de matéria-prima. Assista ao vídeo.

Éder Oliveira
0

Abertura | “Páginas Vermelhas”, individual de Éder Oliveira

(São Paulo, SP) A exposição traz fotos e pinturas sobretudo de pessoas comuns, porém, com um diferencial: o artista pinta rostos de pessoas anônimas que tiveram suas figuras publicadas como sendo suspeitos nas páginas policiais de jornais de Belém, onde vive. “A minha arte se relaciona muito com o que sempre aconteceu e ainda acontece no Brasil, que é a subjugação de classe, principalmente da classe trabalhadora e das pessoas mais pobres”, afirma o artista.

11891203_10206804049996390_6951136488068196903_n
0

Bruno Miguel integra o Projeto Tech-nô com novas esculturas

(Rio de Janeiro, RJ) “A Cristaleira” apresenta uma instalação pictórica tridimensional composta por cerca de 80 peças desenvolvidas especialmente para o projeto, compostas por esculturas de resina de poliéster pigmentada e copos de vidro, taças de cristal, tacinhas de sobremesa, formas de bolo, garrafas e outros objetos domésticos, adquiridos da casa de familiares do artista e de leilões de antiguidades.

original_Press_release_SITU__2_Daniel_de_Paula
0

Daniel de Paula apresenta trabalhos dando continuidade ao projeto de galeria paulista

(São Paulo, SP) O projeto de Daniel de Paula articula estas escalas distintas, numa instalação que reúne inúmeros testemunhos de rocha resultantes de sondagens geotécnicas; processos de perfuração para a exploração e reconhecimento do subsolo, utilizado na engenharia civil para a obtenção de dados geológicos necessários ao dimensionamento e definição do tipo de fundações que servirão de base para a construção.

Copyright © Instituto Investidor Profissional